A Moça, o Guerreiro e o Dragão - Degustação de trecho...






            A sensação insidiosa provocou um espasmo súbito, capaz de jogar seu corpo para trás. Mas, ao invés de deitar as costas na superfície líquida da água, ela caiu numa profusão macia de almofadas acetinadas. Yázi transformara a piscina em ninho idêntico ao que havia em seu quarto.
           Hrabri fechou os olhos, completamente entregue ao prazer. O dragão voltou a lambê-la. A língua alcançou seu pescoço e foi descendo vagarosa, pelo braço esquerdo... do braço, deteve-se por longos momentos nos dedos. Depois, passeou por sua barriga. A moça estava trôpega, desnorteada. Chegou a erguer o púbis, para que o dragão baixasse um pouco mais a língua. Mas ele permaneceu por ali mesmo, brincando com sua barriga. Então, ela o tocou. Colocou as duas mãos em sua cabeça, procurando empurrá-la para entre as pernas. Em resposta, Yázi soprou a saliva que espalhara em torno de seu umbigo.
            _ Você é um dragão muito mal... _ ela sussurrou
            _ E você ainda não viu nada! _ sedutoramente, ele sussurrou de volta.
            Outra vez, a língua alcançou seu pescoço. Desceu para os seios, numa coreografia circular quase impensável. A delícia daquilo era tal, que beirava a tortura. Se às sugestões de duplo sentido de Yázi seus seios intumesciam, agora, submetidos ao contato daquela língua eloqüente, eles estavam basicamente empedernidos. Ardiam. Latejavam.
            Ela tanto queria gritar para que ele parasse... quanto para que continuasse. Se Yázi permanecesse executando a carícia, Hrabri tinha certeza de que o inusitado aconteceria: ela seria capaz de gozar com aquele dragão lambendo seus seios! Mas... para alívio ou desespero... ele parou.
            A moça abriu os olhos. Encontrou o par cintilante de olhos azuis... E, com certeza, a sugestão mais erótica que já ouvira:
            _ Abre as pernas pra mim... 

Olá leitor! Gostou do trecho? 
Para adquirir o conto completo clique em: COMPRAR



Comentários

Postar um comentário


Deixe seu comentário!